ESTRUTURA: CENTRO CULTURAL MATARAZZO
S/A IRF MATARAZZO – DE INDÚSTRIA A CENTRO CULTURAL
 
As indústrias Matarazzo, uma das primeiras grandes referências comerciais e industriais da cidade e região, participaram da importante mudança na história econômica, quando a principal atividade agrícola e fonte e recursos deixa de ser o café e passa a ser o algodão, a agroindústria. A Matarazzo iniciou suas atividades na cidade em 1937 instalando-se em antigos galpões da Companhia Marcondes de Colonização, Industria e Comércio, adquiridos e transformados arquitetonicamente nos padrões das empresas Matarazzo.
As IRF Matarazzo atuaram na cidade até a década de 1970, quando em todo o país começou o declínio do complexo industrial, sendo vendidas, arrendadas ou hipotecadas sucessivamente suas instalações. A atividade industrial cessou, os galpões ficaram abandonados e desocupados, o que gerou uma movimentação diferente e reivindicatória. A comunidade cultural passou a lutar pela recuperação e ocupação do espaço e sua transformação em Centro Cultural.
O primeiro e importante passo foi o movimento pelo tombamento do imóvel e toda a sua área, iniciado por vários segmentos sociais, encabeçados pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico – CONDEPHAAT – que mobilizou toda a comunidade. O tombamento definitivo viria em 1987, pelo Decreto do Executivo Municipal n. 6.128.
Mas, apesar da batalha vencida, a guerra prosseguiu, pois a antiga sede das IRF Matarazzo passou por um processo de deterioração de seus edifícios que se encontravam em péssimo estado de conservação, estruturalmente comprometidos e praticamente abandonados. A deterioração, considerada por muitos como irrecuperável, gerou algumas opiniões contrárias que afirmavam recentemente que “apenas alguns iluminados queriam recuperar a Matarazzo e transformá-la em centro cultural”. Apesar das críticas e de todo o movimento contrário, a antiga Matarazzo vai se transformando a olhos vistos e rapidamente. A cuidadosa recuperação dos velhos galpões emociona quem a observa e acompanha e traz de volta uma época de dinamismo, de produção, de crescimento.
Setenta anos depois do início de suas atividades primeiras, as IRF Matarazzo ressurgem, em toda a sua imponência e importância, devolvidas à cidade novamente como uma fábrica, mas uma fábrica de sonhos, oferecendo um produto muito importante, que transforma vidas, redireciona comportamentos, cria cidadania, e sensibiliza: a Cultura.
Nasce uma das mais importantes fábricas da cidade e região, o Centro Cultural IRF Matarazzo que com certeza já é um marco, como a Matarazzo foi, por sua produção e atividade como referência para a região e o Estado de São Paulo. O nobre produto que sai de suas diversas ações que contempla uma programação de difusão de eventos, cursos de formação artístico/cultural, projetos de fomento e informação tem sido consumido democraticamente em grande escala pelo público, e consequentemente vai transformando não apenas vidas, mas toda uma comunidade de entorno, que convive com as mais nobres expressões humanas, a Cultura e as Artes, em seu cotidiano.


RONALDO MACEDO - Historiador


Centro Cultural Matarazzo
Rua Quintino Bocaiúva, 749- Vila Marcondes
19030-000- Presidente Prudente
Fone (18) 3226-3399 – www.culturapp.com.br

Visitação:
De segunda a sábado, das 8h30 às 22h.
Aos domingos, das 10h às 22h.


Equipamentos que compõem o Centro Cultural Matarazzo


• Teatro Paulo Roberto Lisboa
• Galeria “Takeo Sawada”
• Espaço de Convivência
• Auditório “Sebastião Jorge Chammé”
• Sala de Cinema “Condessa Filomena Matarazzo”
• Ateliê de Artes Visuais
• Sala de Exposições
• Salas Multiuso
• Estúdio de Àudio Visual
• Boulevard “Os Sombras e os Temperamentais”
• Coreto Francisco Artoni
• Praça dos Seresteiros de Pres. Prudente


Biblioteca Municipal Dr. Abelardo de Cerqueira César
Segunda a sexta, das 8h30 às 21h
Sábados, das 8h às 12h

Escola Municipal de Artes Professora Jupyra Cunha Marcondes
Segunda a sexta, das 7h às 19h

Secretaria Municipal de Municipal de Cultura
• Gabinete
• Administrativo
• Setor de produção, formação, fomento e difusão
Segunda a sexta, das 8h às 18h

Rádio Web Culturapp
24 horas.

Projeto Guri Pres. Prudente e Regional Administrativo
Segunda a sexta, das 8h as 18h

Restaurante Delícias da Baby
Segunda a sábado, das 7h30 às 18h

Café Cultural
Segunda a sexta, das 8h às 18h

Quioske
Segunda a sexta, das 8h às 18h30
   




Biblioteca Municipal Dr. Abelardo de Cerqueira César
 
Secretaria


Escola Municipal de Artes Profª Jupyra Cunha Marcondes
 
Secretaria


Teatro “Paulo Roberto Lisboa
 
Secretaria


Auditório “Sebastião Jorge Chammé”
 
Secretaria


Cinema “Condessa Filomena Matarazzo”
 
Secretaria


Boulevard “Os Sombras” e “Os Temperamentais”
 
Secretaria


Praça dos “Seresteiros de Presidente Prudente”
 
Praça


Coreto “Francisco Artoni”
 
Coreto


Salas Multiuso - para oficinas e ensaios
 
Sala Multiuso


Galerias
 
Galeria


Ateliê
 
Ateliê


Secretaria Municipal de Cultura
 
Secretaria
 
« voltar