Equipamento Cultural

Você está aqui: Home » Atenção, alunos e atores de teatro: no Festival Literário também haverá Oficina de Dramaturgia????

Agenda Cultural

Acesso gratuito à internet

Responsável:
Biblioteca Municipal

Projeto Diário
Programa de acesso gratuito a
Internet a toda a comunidade.

Dias: De segunda a sábado

Horário:
2ª a 6ª feira: 8h30 às 20h00
sábado: 8h30 às 12h00

Atenção, alunos e atores de teatro: no Festival Literário também haverá Oficina de Dramaturgia????

 

É isso mesmo. O Ator, Diretor e Dramaturgo Dan Rosseto farará sobre os rumos da dramaturgia brasileira, ressaltando pontos como: Gênero, Sobre Títulos, Argumento, Pesquisa, Decupagem, Registro FBN, entre outros temas recorrentes.

DanRosseto_SergioSantoian

 

FORMAÇÃO

  • Pós Graduado em Crítica de Arte e Teorias de Práticas da Comunicação / SP – 2007.
  • Ator formado e especializado em Cinema, Publicidade e Televisão pelo Studio Fátima

Toledo – 2001 a 2003.

  • Ator Profissional avaliado e aprovado pela banca do SATED/SP – 2002.
  • Ator da ‘Cia Teatro Unoeste’ no período de cinco anos – 1997 a 2001.

 

ATOR__Teatro

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

  • Roleta-Russa, de Raphael Montes, direção de Cesar Baptista – São Paulo / 2015 a 2016.
  • O Primo Basílio – O Musical, de Eça de Queiroz – São Paulo / 2012.
  • Imperador e Galileu, de Henrik Ibisen, direção de Sérgio Ferrara / 2008.
  • O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues, direção de Sérgio Ferrara / 2007.
  • Jardim Interior, do Grupo Sensus, direção de Thereza Piffer – 2006 / 2007.
  • Ao Mestre Caeiro, de Fernando Pessoa, direção de Kelly Alonso / 2006.
  • Ritual dos 7, do Grupo Sensus, direção de Thereza Piffer e Dan Rosseto / 2006.
  • Canaã, A Terra Prometida, de Jarbas Capusso, direção de Carlos Meceni / 2005.
  • Marcas de um Crepúsculo, de ATrês Cia de Teatro, direção de Jolanda Gentileza / 2005.

(* participações em festivais como: XXXI Festival Cervantino de Guanajuato no México e

 XXI Entepola em Santiago no Chile). 

  • Ciranda da Infância, de Glória Rabelo, direção de Glória Rabelo / 2004.
  • Mão na Luva, de Oduvaldo Vianna Filho, direção de Fábio Nougueira / 2001.
  • Bailei na Curva, de Júlio Conte, direção de Fábio Nougueira / 2000.
  • Ponto de Partida, de Gianfrancesco Guarnieri, direção de Fábio Nougueira – 1999 a 2000.
  • Olinda, Olinda, de Zelmo Denari, direção de Fábio Nougueira – 1998 / 1999.

(* espetáculo premiado em Recife / PE no ano de 1998).

  • Madame Blavatsky, de Plínio Marcos, direção de Fábio Nougueira – 1997 a 1998.
  • Crônica da Solidão, de P. Eugene Charboneau, direção de Fábio Nougueira / 1997.
  • Liberdades de Limites, de Augusto Boal, direção de Emerson Mostacco / 1996.

 

DIREÇÃO__Teatro

  • Nunca Fomos Tão Felizes, de Dan Rosseto – São Paulo / 2019 (em cartaz).
  • Eles Não Usam Black-Tie, de Gianfrancesco Guarnieri – São Paulo / 2018

(* indicado como Melhor Espetáculo, Ator e Atriz Coadjuvante (Teca Pereira) no Prêmio

Aplauso Brasil 2018)

  • Entre! A Porta está Aberta, de Glória Rabelo – São Paulo / 2018
  • As Loucuras Que as Mulheres Fazem, de Luciana Guerra Malta, São Paulo / 2017.
  • O Planeta dos Esquecidos, de Luccas Papp, São Paulo/2017.
  • Enquanto as Crianças Dormem, de Dan Rosseto – São Paulo / 2017

(* vencedor nas categorias Dramaturgia, Espetáculo Produção Independente e Trilha

Sonora no Prêmio Aplauso Brasil 2017)

  • Hoje é Dia de Maria – A Fábula Musical, de Carlos Alberto Soffredini – São Paulo

2016.

  • Diga que Você já me Esqueceu, de Dan Rosseto – São Paulo 2016.
  • Antes de Tudo, de Dan Rosseto – São Paulo 2015.
  • Tadzio, de Zen Salles – São Paulo 2015.

(* indic__ o em 12 categorias no Prêmio Cenym 2015, vencendo em 04)

  • O Falcão Vingador, de Luccas Papp – São Paulo 2015.
  • Lisbela e o Prisioneiro – O Musical, de Osman Lins – São Paulo 2015.
  • Manual para Dias Chuvosos, de Dan Rosseto – São Paulo / 2014

(* indicado como Melhor Espetáculo de Drama no Prêmio Qualidade Arte Brasil 2014)

  • Valsa Número Seis, de Nelson Rodrigues – São Paulo / 2012
  • Eles não Usam Black-Tie, de Gianfrancesco Guarnieri – São Paulo / 2011
  • Diga que Você já me Esqueceu, de Dan Rosseto – São Paulo / 2010
  • O Primo Basílio – O Musical, de Eça de Queiroz – São Paulo / 2009.

(* indicado como melhor musical nacional no III Prêmio Contigo de Teatro).

  • Antes que seja Tarde, Criação Coletiva – São Paulo / 2008.
  • Quando as Máquinas Param, de Plínio Marcos – São Paulo / 2008.
  • Maldito Coração, de Vera Karan – São Paulo / 2008.
  • O Colecionador, de Mark Healy – São Paulo / 2007.
  • Ritual dos Sete, do Grupo Sensus – São Paulo / 2006.
  • Dois Irmãos, de Fausto Paravidino – São Paulo / 2006.
  • A Última Noite, de Dan Rosseto – Presidente Prudente / 2000.
  • Professor de Interpretação para teatro, cinema e televisão – São Paulo / desde 2006.

 

DRAMATURGIA__Teatro

  • Nunca Fomos Tão Felizes, 2019 (em cartaz)
  • Diga Que Você Já Me Esqueceu, 2010, 2016 e 2018 (encenado por três temporadas)
  • Enquanto as Crianças Dormem, 2017 (encenado)

(* vencedor na categoria Dramaturgia no Prêmio Aplauso Brasil 2017).

  • Antes de Tudo, 2015 (encenado)
  • Manual Para Dias Chuvosos, 2014 (encenado)

Em processo de finalização de quatro textos para teatro: O Último Concerto para Vivaldi, Aliens, O Óbvio e Gaza (todos com data de estreia prevista).

 

ATOR__Cinema

  • O Motivo pelo qual você se ajeita, curta com direção de J.P. Rezek / 2009
  • A Solidão do Minotauro, curta metragem com direção de Marco Fernandes / 2005.

(* premiado como melhor curta de ficção em Brasília).

  • Inexaurível, curta com direção de Vasco Betini e Carlos Nezu / 2005.
  • O Sonho, média metragem com direção de Fátima Toledo / 2003.
  • Viva, curta metragem com direção de Zetó Sé e Arturo Querzoli / 2002.
  • Encontros e Desencantos, curta metragem com direção de João Paulo Andrade / 2002.
  • Entre a Procura e a Solidão, curta metragem com direção de João Paulo Andrade / 2001.
  • Exibicionistas, curta metragem com direção de Markus Ribeiro / 2001.
  • Samba Doido, curta metragem com direção de Vicentini Gomez / 2001.
  • Paúra, curta metragem com direção de Vicentini Gomez / 2001.

(* exibido nos festivais The Pan African Film Festival, Festvídeo Belém, Festival de Cinema

 e Vídeo de Londrina e FestNatal.)

 

 

Observação:

No Teatro já dirigiu atores como: Fred Silveira, Teca Pereira, Paloma Bernardi, Kiko

Pissolato, Mateus Monteiro, Gustavo Haddad, Luiza Curvo, Lucas Romano, Greta

Antoine, Blota Filho, Flávio Guarnieri, Eduardo Martini, Cleto Baccic, Lidi Lisboa, Maria

Bia Martins, Márcia Manfredini, Marjorie Gerardi, Daniel Morozzeti, Luciano Andrey,

Thalles Cabral, entre outros.

 

 

 

 

Governo de Presidente Prudente

 

INFORMA – SECRETARIA DA CULTURA

Presidente Prudente, 12 de junho de 2019